segunda-feira, 17 de julho de 2017

[Resenha] Nunca Jamais - parte 2

Escritoras: Collen Hoover & Tarryn Fisher
Editora: Galera Record
Páginas: 144


Sinopse: "A segunda parte do suspense romântico de tirar o fôlego “Nunca Jamais” Um garoto abre os olhos e sequer se lembra que seu nome é Silas. O telefone toca... “Encontrou ela?”, pergunta a voz do outro lado da linha. Quem é ela? Quem sou eu? Charlie se vê presa em um lugar parecido com quartos de hospital (ou de um manicômio). Também não se lembra de nada, nem sequer do próprio rosto. O tempo passa e ninguém vem salvá-la. Ela precisa escapar por conta própria. Aos poucos, os dois descobrem que vêm perdendo a memória em períodos cíclicos. E também que se amam imensamente. Numa corrida para descobrir a razão dos apagões em suas memórias, Silas e Charlie acabam descobrindo muito mais sobre si e os mistérios que envolvem suas famílias. Mas muito em breve vão esquecer tudo de novo. E precisam estar juntos para evitar o pior."

"Nunca Jamais" é um livro que foi dividido em três partes sendo que a primeira lançada em 2016 e já resenhada aqui no blog (resenha) e a terceira ainda sem previsão para lançamento.

Para quem ainda não leu a parte um da estória, vou contar um pouco sobre o enredo: em "nunca jamais" vamos conhecer Charlie e Silas. Ambos estão na escola quando acontece de simplesmente sumir com as memórias. Não lembram de nada e nem de quem realmente são. Não conseguem lembrar de coisas que aconteceu recentemente, porém conseguem se lembrar de acontecimentos distantes. Charlie achava que era somente com ela e Silas somente com ele, mas quando se conhecem vão tentar descobrir o motivo de tudo aquilo. E é isso que eles buscam na parte um.

Já na parte dois é um pouco mais detalhado pois em um período de 24h eles se esquecem do que viveram. Silas acorda sozinho dentro do carro sem saber onde está até perceber uma carta escrita por Charlie com todas as coordenadas antes de suas lembranças sumirem. É a partir dessa carta que Silas começa a procurar por Charlie que está desaparecida e provavelmente como ele: sem nenhuma lembrança do dia anterior.


"Dezenas de livros. Eu me pergunto se ela já leu todos, ou se ela só precisa para o conforto. Talvez ela os use como uma fuga da sua vida real." (p. 14)

Gente, como eu queria falar mais desse livro! Mas como o livro apresenta apenas 144 páginas, se eu for detalhar todos os acontecimentos, vou contar o livro inteiro. Sinceramente a questão do livro ser dividida em três partes é uma questão de marketing e para deixar o leitor morrendo de curiosidade para saber o que realmente está acontecendo com Charlie e Silas.

Nessa segunda parte as autoras apresentaram um pouco mais sobre o passado dos personagens. E como eles já estão cientes que após o período de 24h irão perder suas lembranças, começaram a deixar tudo anotado para que quando isso ocorrer, eles acordem no dia seguinte com todas as provas e consigam decifrar esse mistério que vem acontecendo com eles. E só. Nem preciso dizer que preciso "para ontem" a terceira parte, não é mesmo? O livro finaliza com aquele mistério de deixar qualquer leitor irritado e agoniado para saber o final dessa trama.

É isso. Eu super indico os dois primeiros livros, mas se você não aguenta de ansiedade e ainda mais sem previsão de lançamento para o final, então espere um pouco para iniciar a leitura. Agora, se você é uma pessoa controlada, leia logo essas duas partes! Os livros possuem uma leitura rápida, fluída e maravilhosa. É um mistério que prende o leitor da primeira página até a última (e eu sou um exemplo disso pois finalizei esse livro em menos de 12 horas!).

Enfim, CoHo não decepciona (quero ler tudo dessa mulher, já disse isso?) e essa parceria com Tarryn Fisher deu super certo! Um mistério extremamente maravilhoso, diferente e que vai deixar o leitor encantado.

Avaliação: ♥♥♥♥

4 comentários:

  1. Olá!
    Ahhh eu adorei a parceria da CoHo com a Tarryn, ficou sensacional :)
    Gostei muito desses livros, mas é uma agonia não ler tudo de uma vez hahahaha
    Adorei a resenha, beijos!

    Books & Impressions

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adorei a parceria entre elas, porém essa divisão dos livros não foi algo necessário. Foi realmente mais marketing do que tudo rs. Enfim! Adorei todos os livros.

      Fico feliz que tenha gostado <3 Beijos.

      Excluir
  2. Olá!
    Já li varias resenhas desse livro e vejo muitos falando que o autor deveria fazer apenas um livro para não deixa o leitor na curiosidade, realmente eu concordo com isso mas acho que é marketing como você diz. A trama realmente é interessante, te envolve completamente para saber o porque de perde as memórias em 24 horas e porque de todo esse suspense entre ele, com certeza valeria a pena ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que se fosse livro único chamaria mais atenção de todos. Eu realmente acredito que dividir em três partes foi estratégia de marketing porque realmente não havia necessidade. Enfim.
      Os livros são ótimos e há um grande suspense entre eles. Realmente vale a pena.

      Excluir