domingo, 9 de agosto de 2015

[Resenha] Como Eu Era Antes de Você

Escritora: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca
Páginas: 319
Sinopse: "Lou Clark sabe uma porção de coisas.Ela sabe quantos passos separam sua do ponto de ônibus. Elaa que adora trabalhar como atendente em um café e sabe que provavelmente não ama seu namorado, Patrick.O que Lou não sabe é que está prestes a perder o emprego, e que isso a obrigará a repensar toda sua vida.Will Traynor, por sua vez, sabe que o acidente com a motocicleta tirou dele a vontade de viver. Ele sabe que o mundo agora parece pequeno e sem graça, e sabe exatamente como vai dar um fim a tudo isso.O que Will não sabe é que a chegada de Lou vai trazer de volta a cor à sua vida. E nenhum deles desconfia de que esse encontro irá mudar para sempre a história dos dois."
"Uma garota comum, levando uma vida comum. Para mim, estava ótimo desse jeito." (pág. 23) 

Will é um homem ativo e cheio de vigor, que adorava aventuras. Mas sua vida mudou completamente quando ele sofreu um acidente. Desde então, ele ficou tetraplégico e foi abandonado por sua namorada que não pode "suportar" o ocorrido.
"Ser atirada para dentro de uma vida totalmente diferente - ou, pelo menos, jogada com tanta força na vida de outra pessoa a ponto de parecer bater com a cara na janela dela - obriga a repensar sua ideia a respeito de quem você é. Ou sobre como os outros o veem." (pág. 58)
Lou Clark é uma jovem de 26 anos. mora em uma cidade na Inglaterra com seus pais, o avô, a irmã e seu filho. Trabalha em uma cafeteria. Namora 7 anos com Patrick e ele está obcecado com o corpo, e tudo gira em torno de treinos e dietas, porém, Lou já "acostumou" com isso.

Dois anos depois, Lou, desempregada, acaba arrumando emprego como cuidadora (no caso, de Will), sendo o contrato de seis meses. E é a partir deste momento que a sua vida e a de Will muda completamente e para sempre.
"Você só vive uma vez. É sua obrigação aproveitar a vida da melhor forma possível." (pág. 172)
"- Então, vamos lá, Clark. Que programas animados você planejou para esta noite?
(...) - Acho que vou terminar de ler meu livro." (pág. 178)
O livro aborda temas delicados e bem reais mostrando um mundo com dificuldades para quem tem deficiência ou limitações. Mostra também que muitos, assim como Will, perdem a vontade e desistem de lutar.

Lou chega em um momento na vida de Will no qual ele mais precisava. Ela lhe mostra possibilidades e como é possível ser feliz. E ambos descobrem juntos o amor;
"Alguns erros... apenas têm consequências maiores que outros." (pág. 221)
"Eu ficava mais feliz estando só ao lado dele." (pág. 275)
O jeito que o livro relata o "surgimento" desse amos entre ambos, é incrível. E quando você pensa que não há possibilidades de lutar, sempre irá conhecer alguém que irá mudar seu ponto de vista em relação à vida.
"Fiz a única coisa que me ocorreu. Inclinei-me e encostei meus lábios nos dele. Will ficou indeciso um instante e retribuiu o beijo. Por um instante, esqueci tudo: o milhão e meio de motivos para não fazer aquilo; meus medos; o motivo para estarmos ali. Beijei-o, sentindo o cheiro da pele, os cabelos macios nas minhas mãos. Quando ele retribuiu, tudo isso desapareceu e ficamos apenas os dois numa ilha no meio do nada, sob milhares de estrelas cintilantes." (pág.281)
Avaliação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ()

Nenhum comentário:

Postar um comentário