segunda-feira, 24 de abril de 2017

[Resenha] Caraval

Escritora: Stephanie Garber
Editora: Novo Conceito
Páginas: 352


Sinopse: "Scarlett nunca saiu da pequena ilha onde ela e sua irmã, Donatella, vivem com seu cruel e poderoso pai, o Governador Dragna. Desde criança, Scarlett sonha em conhecer o Mestre Lenda do Caraval, e por isso chegou a escrever cartas a ele, mas nunca obtivera resposta. Agora, já crescida e temerosa do pai, ela está de casamento marcado com um misterioso conde, e certamente não terá mais a chance de encontrar Lenda e sua trupe, mas isso não a impede de escrever uma carta de despedida a ele.
   Dessa vez o convite para participar do Caraval finalmente chega à Scarlett. No entanto, aceitá-los está fora de cogitação, Scarlett não pretende desobedecer ao pai. Sendo assim, Donattela, com a ajuda de um misterioso marinheiro, sequestra e leva Scarlett para o espetáculo. Mas, assim que chegam, Donattela desaparece, e Scarlett precisa encontrá-la o mais rápido possível.
   O Caraval é um jogo elaborado, que precisa de toda a astúcia dos participantes. Será que Scarlett saberá jogar? Ela tem apenas cinco dias para encontrar sua irmã e vencer esta jornada."


Caraval é o primeiro livro de uma duologia que tem o seu lançamento através da Editora Novo Conceito em Junho desse ano. O segundo livro da duologia está com previsão para 2018.

Desde pequena, Scarlett ouve histórias sobre o Caraval e todas são contadas pela sua avó. Com essa pequena "obsessão", ela começa escrever todo ano cartas para Lenda sobre o que desejaria para aquele dia. Nenhuma carta foi respondida - até aquele ano.

"Suas desculpas não vão curar as feridas." (pág. 27)

Com o casamento marcado com alguém que Scarlett não conhece (e é um casamento arranjado pelo seu próprio pai), ela está ansiosa para sair das "asas" de seu pai e levar sua irmã, Tella, para terem uma vida sem complicações. Porém tudo muda quando Scarlett recebe uma carta do Lenda com convites para o Carava. Ela terá que escolher entre seu casamento e o seu sonho.


Ah, como apostei nesse livro e não funcionou completamente para mim. A proposta é um livro repleto de magia e ideia de circo, mas não: Caraval não é um circo e sim uma "ilha mágica" onde alguns jogos acontecem (como o próprio livro diz: nem tudo é o que parece). São cinco noites para realizar todos os jogos com as pistas deixadas e ninguém se responsabiliza pelas consequências que o jogo poderá ocasionar.

"Escolha com cuidado em quem confiar; a maioria das pessoas aqui não é quem parece ser." (pág. 60)

Não vou dizer que o livro não me prendeu porque eu estaria mentindo. Prendeu, sim, mas em algumas partes. Com uma narrativa em terceira pessoa e mistérios que demoraram páginas para desenrolar, a leitura ficou cansativa.

A personagem principal me deixou diversas vezes irritada. É aquela personagem que tem medo de viver, de ser feliz, de realizar seus sonhos e só sabe pensar no próximo e nunca em si mesma. Talvez se ela fosse mais como sua irmã, Tella (que é o oposto dela), teria sido um livro mais divertido.

"Os sonhos que se realizam podem ser belos, mas também podem se tornar pesadelos quando as pessoas não acordam." (pág. 66)

No geral não é um livro ruim. Se você é fã de fantasia, magia, claro que vai adorar esse livro. Mas é como eu sempre digo: leia sem expectativas. Provavelmente você pode se surpreender ou achar a história cansativa, assim como eu.

MAIS QUOTES

"Às vezes, as pessoas confundem fantasia com realidade. Isso pode resultar em acidentes." (pág. 76)

"Mas agora, bom parecia a palavra que as pessoas usavam quando não tinham nada melhor a dizer." (pág. 112)

"Cada pessoa tem o poder de alterar o destino se for corajosa o bastante para lutar pelo que deseja acima de tudo." (pág. 117)

Avaliação: ♥♥♥
*E-book cedido em parceria com a Editora.

8 comentários:

  1. Aaaah! Que pena que não deu muito certo pra você. Pelo menos não foi de tudo ruim.
    Scarlett também me estressou muito, mas depois passou hahahhaha
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do #Sorteio1KSeguidores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente não funcionou tanto rs. Scarlett foi uma das personagens mais chatas que já li haha mas não passou, achei chata do começo ao fim haha.

      Beijos.

      Excluir
  2. Não tinha ouvido falar desse livro antes, e confesso que só pela sinopse não seria um livro que me chamaria a atenção, e lendo sua resenha e a descrição da mocinha já vou pular fora... hahaha
    Amei sua resenha, super sincera!

    Beijos
    Dani Cruz
    www.blogemcomum.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! <3 Gosto de sempre ser transparente nas resenhas.
      Então, até que esse livro me chamou atenção em certo ponto, mas a leitura foi um pouco cansativa rs.

      Beijos.

      Excluir
  3. Oiii, amei a resenha!
    Acho que eu teria a mesma opinião que você, mas quem sabe não seja uma boa experiência lê-lo não é mesmo?
    Amo quando blogueiros dão opinião sincera.
    Beijos ❤
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! <3 Procuro sempre transparecer minha opinião em todos os livros que leio, independente se foi por conta de parceria ou não.
      Mas quem sabe o livro não te agrade? Caso leia, me conta depois o que achou.

      Beijos.

      Excluir
  4. Oie,

    Eu não sei muito bem o que esperar desse livro, não entendi muito bem a sinopse, mas a resenha me deixou curiosa. Não sou muito da fantasia e magia, só que uma escrita mais trabalhada e poética é a minha, por isso fiquei com vontade de ler vontade de ler. :)

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não esperava muito, mas também esperava um pouco mais, porém não me desagradou totalmente, mas também não me agradou tanto quanto eu queria após iniciar a leitura rs. Espero que você leia e goste :D

      Beijos.

      Excluir