domingo, 5 de fevereiro de 2017

[Resenha] Novembro, 9

Escritora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Páginas: 352

SKOOB

Sinopse: "Fallon conhece Ben, um aspirante a escritor, bem no dia da sua mudança de Los Angeles para Nova York. A química instantânea entre os dois faz com que passem o dia inteiro juntos – a vida atribulada de Fallon se torna uma grande inspiração para o romance que Ben pretende escrever. A mudança de Fallon é inevitável, mas eles prometem se encontrar todo ano, sempre no mesmo dia. Até que Fallon começa a suspeitar que o conto de fadas do qual faz parte pode ser uma fabricação de Ben em nome do enredo perfeito. Será que o relacionamento de Ben com Fallon, e o livro que nasce dele, pode ser considerado uma história de amor mesmo se terminar em corações partidos?"

Em 9 de Novembro houve um incêndio na casa do pai da Fallon. Ela sofreu queimaduras graves e estava entre a vida e a morte. Após recuperar-se, ficou com 30% do corpo queimado e ainda assim continuava persistindo em seu sonho de ser atriz - jamais desistiria disso - mesmo que não se sinta tão confiante em relação à sua beleza.

Dois anos após esse acontecimento, Fallon e Ben se conhecem de uma forma engraçada: ela está no restaurante com seu pai no dia 9 de Novembro, e o mesmo está bancando um idiota. Ben estava lá e decide interferir na história e acaba apresentando-se como namorado de Fallon - o que gerou várias partes engraçadas nesse jantar.

"Quem quer que tenha dito que a verdade machuca estava sendo otimista. A verdade é uma filha da puta que provoca uma dor excruciante." (pág. 28)

Mesmo sem entender, Fallon entra no ritmo da conversa e deixa tudo fluir da melhor maneira possível. Quando o jantar termina, Fallon e Ben continuam com o "encontro" e fazem uma promessa: todo 9 de Novembro eles irão se encontrar no mesmo lugar que se conheceram - aliás, Fallon está indo para Nova York seguir seu sonho de ser atriz e bem quer escrever o seu livro e Fallon é a sua inspiração - sem passar telefone, sem se comunicar por rede social, sem nada. Apenas uma promessa viva entre eles.

O que eles não afirmam é como um sentimento surgiu entre eles. Um "amor instantâneo" - como é relatado no livro -, mas é possível ver a química que há entre os dois. E após tudo isso fica aquela ansiedade: será que eles se reencontraram daqui um ano? Será que tudo irá mudar?

"As pessoas dizem que não se deve julgar um livro pela capa, mas e se de algum jeito você lesse o livro sem ter visto primeiro a capa? E se você realmente gostasse do que está no livro? É claro que quando você se aproxima do livro e está prestes a ver a capa pela primeira vez, torce para que seja algo que vá achar atraente. Por que quem é que quer algo incrível na estante se tiver que olhar para uma capa de merda?" (pág. 46)


"Abro a primeira página do livro, com a intenção de apenas dar uma olhada. Quando me dou conta, estou na página 10.
Página 17.
Página 20.
37.
Meu Deus, isso parece crack." (pág. 69)

É capaz que você leia a sinopse e pense: "deve ser clichê". Mas não, não é. Eu não sei como a CoHo faz, mas ela sabe escrever uma excelente história e que vai além do clichê. Uma história que prende você do início ao fim e que conquista seu coração por inteiro e você consegue amar cada página!

O livro é narrado em primeira pessoa e os capítulos são divididos entre o ponto de vista de Fallon e de Ben, e toda as partes são narradas em 9 de Novembro, então o que acontece em outros dias, são apenas alguns trechos relatando isso.



"Novembro, 9" foi o meu segundo contato com a Colleen e posso dizer que ela é maravilhosa. Esse livro me arrancou risos e lágrimas! É um livro incrível e que vai além do amor. Um livro que te ensina a superar suas cicatrizes (visíveis ou não), te ensina a perdoar. Fallon e Ben tornaram-se um dos melhores casais literários que eu já li! Eu me apaixonei profundamente pelos dois.

Mesmo sendo apenas meu segundo contato com a escritora, já percebi que Colleen traz uma "bomba" no final do livro e esse realmente não foi diferente. Sabe aquela sensação de querer terminar o livro porque você quer saber o que acontece, mas ao mesmo tempo não quer termina-lo com medo do que irá acontecer? Então, foi assim que me senti ao final desse livro. Mas, enfim, finalizei a leitura com um sorriso no rosto e com grande esperança. 

"Uma das coisas que sempre tento lembrar a mim mesma é que todo mundo tem cicatrizes. Muita gente tem umas ainda piores do que as minhas. A única diferença é que as minhas são visíveis e a da maioria das pessoas, não." (pág. 76)

Um romance incrível que vai te trazer sorrisos, risadas, lágrimas e afundar seu coração (e despedaçar também), mas que vai tirar seu fôlego por todos acontecimentos e você só vai querer parar quando chegar na última página, acredite.

MAIS QUOTES:

"Nunca vou conhecer alguém que me faça sentir como ele me faz. As pessoas não têm essa sorte mais de uma vez numa única vida." (pág. 185)

"Quando encontrar o amor, deve agarrá-lo. Você o agarra com as mãos e faz o possível para não soltar. Não pode simplesmente se afastar dele e esperar que dure até que você esteja preparada." (pág. 198)

"Amar alguém significa aceitar todas as coisas e pessoas que esse alguém também ama." (pág. 255)

"Quando digo que você simplesmente sabe, é porque você vai saber. Não vai questionar. Não vai se perguntar se o que está sentindo é realmente amor, porque, quando for, você vai morrer de medo de sentir isso. E quando acontecer, suas prioridades vão mudar. Você não vai pensar em si mesmo e na própria felicidade. Só vai pensar nessa pessoa que você faria tudo para ver feliz. Mesmo que isso significasse se afastar dela e sacrificar a própria felicidade pela dela." (pág. 293)


"Um corpo é simplesmente uma embalagem que guarda os verdadeiros dons que contém. E você é cheia de dons. Altruísmo, gentileza, compaixão. Todas as coisas que importam.

A juventude e a beleza passam. A decência humana, não." (pág. 341)

Avaliação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ()

18 comentários:

  1. Colleen é sempre uma boa pedida né!
    Costumo dizer que se ela escrever lista de supermercado estou na fila pra ler...hahaha. Seus livros e sua escrita nos encantam e nos transportam pra tantos mundos e realidades diferentes.
    É sempre um prazer falar de livros e autores que nos marcam de alguma forma.
    Obrigada pela visita no meu blog!
    Beijos!

    Camila de Moraes - http://bookobsessionresenhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou começando a querer a lista de supermercado dela também haha. Ela me marcou bastante e não me arrependo de ter começado a leitura de seus livros.

      Beijos.

      Excluir
  2. Que vontade de ler esse livro!
    Quando vi a capa a princípio achei que fosse uma história de suspense,mas quando li a sinopse fiquei impressionada com a história,ainda mais agora que li sua resenha já coloquei na lista deste ano.
    Estou com grandes expectativas!

    Um super beijo

    Http://wwww.livrosemcontexto.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh, você tem que ler, Ju. É tão incrível! Eu sabia que ia gostar, mas não imaginava que ia amar tanto esse livro como eu amei (e ainda por cima, me trouxe a famosa "ressaca literária") haha. Espero que você goste <3

      Beijos.

      Excluir
  3. Eita, bombas no fim do livro sempre me deixam ansiosa! E o casal parece ser ótimo! Quero ler em breve! Adorei a resenha!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro quando os escritores fazem isso, principalmente a CoHo que sabe como fazer haha. Espero que você curta o livro tanto quanto eu e se apaixone por esse casal lindo!

      Obrigada <3 Beijos.

      Excluir
  4. Olá!
    Estou numa meta de ler todos os livros da CoHo. Ainda não li esse, mas está na lista. A premissa dele me chama muito atenção porque é super diferente, né? Coho tem um dom de transformar histórias simples em algo grandioso e muito emocionante. Fico feliz em saber que você gostou do livro!
    Ótima resenha <3

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CoHo é uma mulher incrível, tenho que dizer isso. Ela realmente sabe transformar "pouco" em muito. Espero que você leia ainda esse ano e ame tanto quanto eu. <3

      Obrigada! Beijos.

      Excluir
  5. Olá!
    Recomendo todos os livros da CoHo que eu li. Ela é muito boa, e sempre temos uma bomba mesmo no final, o que só deixa tudo melhor *-*
    Estou ansiosa para ler esse livro ♥
    Parabéns pela resenha, beijos!


    Sorteio: Aniversário de 1 ano do Books! ❤
    Books & Impressions

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Além da escrita ótima dela, acredito que essa "bomba" nos livros foi o que mais me chamou atenção e me fez querer ler tudo dela. É incrível, você com certeza vai amar.

      Obrigada <3 Beijos.

      Excluir
  6. Estou louca pra ler esse livro e da CoHo só li Um Caso Perdido na qual amei demais!
    Dizem que a autora tem aquela pegada de colocar temas polêmicos e tratar com naturalidade. Pelo menos foi assim com Um Caso Perdido e esse pelo visto não parece ser diferente.
    Fiquei muito curiosa para conhecer Fallon e Ben e espero gostar tanto quanto você.

    beijinhos ♥

    https://leiturize-se.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CoHo sabe como fazer, não é? Ainda não li "um caso perdido", mas está na minha meta de leitura. Claro que depois de dois livros da escritora e eu adorando ambos, agora quero ler tudo que ela escrever haha. Espero também que você goste tanto quanto eu <3

      Beijos.

      Excluir
  7. Oii!!

    Já tentei ler um livro da Colleen, mas acabei desistindo na metade. Sim, cheguei até a metade aos trancos e barrancos, mas não terminei. Sei que muitas pessoas falam super bem sobre os livros da autora, mas eu não consigo gostar. Talvez eu tenha que tentar terminar aquele livro para saber se o final fica bom.

    beijos

    http://mecontanoblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma pena que a escrita da CoHo não tenha te cativado :( eu ouvia muitas coisas positivas da escritora, até que decidi dar uma chance (começando com "talvez um dia") e não me arrependo. Ela conseguiu me cativar bem! Tenta ler outro da escritora, quem sabe?!

      Beijos.

      Excluir
  8. Oi!
    Fiquei com vontade de ler... Nunca li nada da Colleen e tenho muita curiosidade, e lendo sua resenha me lembrei de Um dia, do David Nicholls, que também segue a linha de datas repetidas. Parece ser bem interessante.
    Beijos
    Moleca de 20

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não tinha lido nada da CoHo até ano passado e foi uma experiência ótima. Tomara que você goste bastante da escrita dela! E sim, até lembra "um dia", mas eu achei "novembro, 9" muito mais apaixonante. <3

      Beijos.

      Excluir
  9. Olá, tudo bem?
    Amo os livros da Colleen, mas vi comentários negativos sobre esse livro que me deixaram receosa. Pretendo lê-lo, mas não agora.
    Fico feliz que tenha gostado!
    Beijos!

    Http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, uma pena que tenha comentários positivos sobre esse livro. Eu, particularmente, amei infinitamente esse livro. Entrou para a lista dos melhores da vida! Mas espero que quando você ler, ele te cative tanto quanto a mim.

      Beijos.

      Excluir