segunda-feira, 21 de novembro de 2016

[Resenha] Talvez Um Dia

Escritora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Páginas: 368

Sinopse: "Sydney acabou de completar 22 anos e já fez algo inédito em sua vida: socou a cara da ex- melhor amiga. Até hoje, ela não podia reclamar da vida. Um namorado atencioso, uma melhor amiga com quem dividia o apartamento... Tudo bem, até Sydney descobrir que as duas pessoas em quem mais confiava se pegavam quando ela não estava por perto. Até que foi um soco merecido. Sydney encontra abrigo na casa de Ridge. Um músico cujo talento ela vinha admirando há um tempo. Juntos, os dois descobrem um entrosamento fora do comum para compor e uma atração que só cresce com o tempo. O problema é que Ridge tem uma namorada, e a última coisa que Sydney precisa agora é se transformar numa traidora."
"Eu sei que não posso esperar que a dor e o sofrimento vão embora tão rapidamente." (p. 1794 - ebook)
O que esperar do seu aniversário de 22 anos? Festa, presentes, mensagens carinhosas, certo? Mas não foi o mesmo que aconteceu com Sydney: ela descobriu sobre a traição do seu namorado e sua melhor amiga através do vizinho e foi aí que sua vida tomou um rumo completamente diferente.

Sydney conheceu o seu vizinho, Ridge, através da sacada do seu apartamento. Ela sempre o via com um violão tocando e eles começaram a se comunicar com sorrisos e mensagens de texto. Até aí, Syd não estava flertando, apenas o ajudando com algumas músicas para a sua banda, o que foi um trato entre eles.
"Não é tão fácil quando você está tentando vencer uma guerra contra o coração." (p. 2898 - ebook)
Quando Syd comenta que seu aniversário de 22 anos está próximo, ela percebe que sua amiga comete uma gafe contando que esteve almoçando com uma pessoa em um restaurante, sendo que seu namorado também contou sobre essa história, porém disse que foi com um colega de trabalho. O que Syd pensou? Que eles estavam planejando uma festa de aniversário surpresa! Mas infelizmente, a surpresa veio de Ridge quando contou à ela o que seu namorado e sua melhor amiga estavam fazendo.

Devastada, Syd não sabe o que fazer da sua vida agora que as duas pessoas que ela mais confiava e amava a traiu. Ridge sente-se culpado por ter estragado o aniversário dela, então oferece um quarto em seu apartamento que está disponível por um tempo até que ela encontre o seu próprio apartamento e consiga recomeçar sua vida.
"Os sentimentos são a única coisa em nossas vidas que nós não temos absolutamente nenhum controle." (p. 2923 - ebook)
Morando junto com Ridge, ela descobre várias coisas sobre ele. Primeiro que ele é surdo, então toda comunicação entre os dois é através de mensagens; também descobre que há sentimentos aflorando dentro dela, mas que é incapaz de controlar mesmo sabendo que são apenas duas semanas desde que terminou o seu relacionamento. Mas ela não esperava que seu coração fosse partido quando descobriu que Ridge tinha uma namorada, a Maggie.
"Estou convencido de que as pessoas se deparam com outras na vida cujas almas são completamente compatíveis a sua própria. Alguns se referem a isso como almas gêmeas. Alguns se referem a isso como verdadeiro amor." (p. 3238 - ebook)
"Às veze na vida precisamos de alguns dias ruins para manter os bons em perspectiva." (p. 3919 - ebook)
Duas decepções em pouco tempo após completar 22 anos. Syd pensa que não há mais nada que possa fazer para melhorar sua vida, mas com o decorrer dos dias, ela vai reencontrando a vontade de viver através da música: escrevendo canções e colocando para fora todos os seus sentimentos.

O que dizer de um livro que me conquistou profundamente? Primeiro que quando eu descobri sobre Ridge eu me encantei ainda mais pela história! Jamais havia lido algo com um personagem com falta de audição. Segundo que a força de vontade de Ridge de aprender coisas novas, de dedicar-se a música, foi o ponto forte da história toda.
"Tentamos tanto esconder tudo o que estamos realmente sentindo daqueles que provavelmente mais precisam saber os nossos verdadeiros sentimentos. As pessoas tentam reprimir suas emoções, como se fosse de algum modo errado ter reações naturais a vida." (p.4303 - ebook)
Houve momentos que eu senti raiva dos personagens sim! Mas é comum sempre cometermos erros quando amamos alguém. É normal magoar algumas pessoas mesmo sem intenção. É assim que crescemos com nossos erros e seguimos o que nosso coração está mandando.

Os capítulos são divididos no ponto de vista de Sydney e no de Ridge, o que torna a interação com o leitor ainda melhor, fazendo com que o leitor sinta o que cada personagem está sentindo. Preciso dizer que adorei? Sim, adorei, adorei muito! Foi meu primeiro contato com a escritora e só tenho elogios a ela. A escrita é tão boa que nem percebi as horas passando conforme lia esse livro. 
"No entanto, eu aprendi que para o coração não pode ser dito quando e quem e como se deve amar. O coração faz o que diabos ele quer fazer. A única coisa que podemos controlar é se vamos dar a nossas vidas e nossas mentes a chance de se recuperar com nossos corações." (p. 4706 - ebook)
Li que esse livro terá continuação. Não sei se há uma necessidade para isso, pois o final do livro preencheu bastante tudo o que precisava e preencheu minhas expectativas também, mas com certeza irei ler, sim! Então se você ainda não leu nada da CoHo, por favor, leia!

Avaliação: ♥ ♥ ♥ ♥

16 comentários:

  1. Dei a mesma nota que você para esse livro! ☺️ Eu gostei bastante do livro e de acompanhar os capítulos junto das musicas que os próprios personagens criavam a medida que foram se conhecendo! Achei demais! Nunca tinha lido nada que viesse com músicas próprias! Também não esperava que Ridge fosse surdo. Outra primeira vez que leio algo do tipo. O romance pode até ser clichê em algumas partes, mas eu adorei. Conheci a CoHo esse ano, e já me apaixonei por tudo oq ela escreve. Gostei de todos os livros dela que li. ❤️

    Ahhh, você viu os extras que o livro oferece? Além das musicas, você tem um epílogo falando sobre Maggie!! Vale a pena ler.. ☺️
    Parabéns pela resenha!! 😘😘

    Jocasta Vilela - www.curtaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredita que ainda não ouvi as músicas citadas no livro? :x Acho que vou fazer isso agora! Algumas partes realmente era um clichê, mas um clichê gostosinho de ser lido né? Esse foi meu primeiro contato com a CoHo e não me arrependi. Superou minhas expectativas.

      E não, ainda não li esse epílogo sobre a Maggie. Vou procurar mais sobre, pois realmente eu gostaria de saber o que aconteceu com ela depois de tudo. Beijos!!!

      Excluir
  2. Hey, tudo bem?
    Já li vários livros da Colleen e realmente a escrita dela é maravilhosa. Essa foi a primeira resenha que li desse livro e adorei! Já está na minha lista.
    Beijos!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado <3 e realmente a escrita dela é maravilhosa! Agora entendo porque todos falavam bem da CoHo.

      Beijos!

      Excluir
  3. Que resenha linda! Estou lendo O lado feio do amor <3
    JP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. <3 muuuito obrigada! E esse livro está na minha listinha de desejados também.

      Excluir
  4. Ooi, tudo bom??
    Eu sou apaixonada pelos livros da Colleen <3 Ela sempre consegue me surpreender,
    Ainda não li o Talvez um Dia, mas já sou apaixonada pela trilha sonora e mal posso esperar para ler o livro \o/
    Amo livros que intercalam o ponto de vista, ajuda muito o leitor né,
    Adorei os quotes e suas fotos ficaram lindas <33
    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada. <3 E tenho vontade de ler todos os livros dela após essa experiência incrível! E sim, intercalar pontos de vista é muito bom, ajuda muito.

      Beijos.

      Excluir
  5. Oie tudo bem?
    Ainda não li nada Coollenn Hoover acredita????
    Adorei a resenha, gosto bastante de livros com capítulos alternados assim podemos conhecer pontos de vistas dos personagens.
    Tb amo leitura fluídas a gente nem sente as folhas virando e quando vamos ver já chegou o final!
    E claro amei se tratar de um song book <3
    Lindas as fotos :D
    Bjs Luli
    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito, pois eu também não tinha lido haha. Obrigada <3 Quando a leitura flui, os capítulos intercalam... é uma combinação perfeita!

      Beijos.

      Excluir
  6. Da Collen eu conheço A maldição do tigre, mas eu ainda não li nenhum livro dela, mas por falta de money mesmo hahaha Todo mundo fala que a escrita dela é maravilhosa que é impossivel não querer ler, vou anotar a sugestão pra ler este em breve, obrigada pela sugestão e fiquei encantada pela resenha e as fotos <3
    http://agridoceleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "A maldição do tigre" é um dos livros dela que eu não tenho interesse em ler, mas outros da escritora eu tenho, sim. E sim, a escrita dela é maravilhosa, você não irá se arrepender.

      *_* obrigada. Fico feliz que tenha gostado! Beijosss.

      Excluir
  7. Olá!
    Eu tô looouca para ler esse livro. Minha paixão pela CoHo começou com O Lado Feio do Amor, passou pela trilogia Hopeless e quero dar continuidade nessa paixão com Talvez Um Dia! Todos falam muito bem desse livro.
    O que eu mais gosto nos livros dela é que do nada acontece algo que você não tinha a menor ideia que iria acontecer, hahah.

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho vontade em ler todos esses que você falou haha. E "talvez um dia" foi uma surpresa muito boa para mim. Espero que você curta tanto quanto eu. <3 E fico feliz em saber que os livros dela trazem sempre surpresas. Já adorei ainda mais!!!

      Beijos.

      Excluir
  8. Olá !!
    Acredita que eu ainda não tinha ouvido falar desse livro e dessa autora ?
    Mas depois dessa resenha, já quero ele de natal rs.
    Beijos,

    http://teattimee.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Fico feliz que minha resenha te ajudou a conhece-lo e ele entrou na sua wishlist! Obaaa! haha Você não vai se arrepender.

      Beijos.

      Excluir