sexta-feira, 25 de novembro de 2016

[Resenha] Antes de Partir

Escritora: Colleen Oakley
Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 320

Sinopse: "Na véspera do que esperava ser uma triunfante comemoração de três anos livre do câncer, Daisy, 27 anos, sofre um golpe devastador: seu médico lhe diz que a doença está de volta, desta vez ainda mais agressiva. Tendo apenas de quatro a seis meses de vida, ela está apavorada com o que será de seu marido, Jack, quando não estiver mais lá para cuidar dele. Esse medo tira seu sono, até que uma solução lhe vem à mente: ela precisa encontrar outra mulher para ele. Com uma determinação singular, Daisy visita parques, cafeterias e sites de relacionamento à procura do par perfeito para Jack. Mas, à medida que ela avança em sua busca, ela se vê forçada a decidir o que é mais importante no curto tempo que lhe resta: a felicidade de seu marido ou a sua própria?"
"Acho que todos os casais sentem isso em algum momento - que a ligação entre eles é a mais especial, a mais forte, o Maior Amor de Todos. Não sempre, só naqueles poucos-e-espaçados momentos em que você olha para a pessoa que está ao seu lado e pensa: Sim. É você." (pág. 15)
O que você faria se só tivesse seis meses de vida? Daisy tinha como objetivo cuidar do seu marido para que quando ela partisse, ele não se sentisse perdido.

Daisy foi diagnosticada com câncer de mama aos 23 anos. Fez tratamento e curou. Quatro anos depois, agora com 27 anos, o câncer retornou, mas de uma forma ainda pior: todo seu corpo foi tomado por câncer e seu cérebro tem um câncer "do tamanho de uma laranja" (como os médicos denominaram) e deram à ela apenas 6 meses de vida, mas tudo pode mudar após cirurgias.
"Fico imaginando se esses autores prolíficos algum dia se viram sem histórias para contar. Se um dia eles vão simplesmente desligar o computador e dizer: 'É isso. Contei todas.'" (pág. 165)
Em choque com a sua nova realidade, Daisy desiste de participar das aulas da faculdade. Tudo que ela quer é que seu marido, Jack, continue frequentando as suas aulas pois a sua formatura está próximo e ela espera viver até lá para vê-lo se formando.

Mas algo inusitado passa pela cabeça de Daisy: Jack ficará sozinho quando ela partir, então quem cuidará dele? Ela decide ir a procura de uma mulher perfeita para o seu marido, contando com a ajuda de sua melhor amiga Kayleigh. Só que infelizmente, nada acontece da forma como ela desejou.

 

A capa é linda, uma premissa ótima, mas o livro deixou um pouco a desejar. Se você tivesse só seis meses de vida, você iria procurar alguém para o seu marido? Eu, sinceramente, não faria isso. Foi o ponto fraco do livro e que me deixou irritada com a personagem principal.

Colleen relatou mais da metade do livro a procura da mulher perfeita e a personagem sempre irritada com a sua vida por ter um "Monte de Câncer", ou seja, deixando de viver sua vida em torno dessa pequena "obsessão" que ela mesma criou. 
"A ciência não pode explicar por que duas pessoas específicas são magneticamente atraídas uma a outra, em vez de se repelirem. Somente o amor pode." (pág. 288)
Os capítulos são bem detalhados, mas com esse objetivo, torna a leitura um pouco cansativa. Quando ela e seu marido começam a se entender, os acontecimentos passam de uma forma completamente rápida e que quando você percebe, o final do livro chegou.

A escritora tinha tudo para tornar esse livro um dos melhores, mas infelizmente não funcionou comigo. Eu gostei, mas o objetivo do livro foi chato. Se fosse mais voltado para como ela viveu intensamente sua vida após descobrir sobre o câncer, seria, com certeza, um dos melhores livros da minha vida. Contudo, não é uma leitura ruim, mas não crie tantas expectativas. 

Avaliação: ♥ ♥ ♥

10 comentários:

  1. Oie
    Não sabia do tema deste livro, e olha acho que eu também não iria gostar deste rumo que a história tomou. Acho que a protagonista deveria se preocupar com outras coisas e viver intensamente os ultimos dias de vida. Adorei sua resenha.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a premissa era tão interessante que achei que o livro seria tão bom quanto, mas infelizmente o rumo da história me decepcionou.

      Obrigada. <3 Beijos.

      Excluir
  2. Imagina a situação né? Ela quer a felicidade dele, mas ao mesmo tempo não sabe o que fazer com o que sente. Ain que triste.


    :_)

    beeijão
    http://www.carolhermanas.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De certo modo eu entendi esse ponto de vista da personagem, mas ao mesmo tempo eu acho que não deveria ser assim o rumo que a história deveria ter tomado.

      Beijos.

      Excluir
  3. Oiieee

    Bom, esse livro não me chama muito a atenção, sei lá, parece triste e não creio que seja meu estilo de livro. Uma pena que tb não tenha correspondido à todas as suas expectativas, é muito ruim quando a premissa é ótimo mas durante o desenvolvimento da história falta algo... Espero que as próximas leituras sejam bem melhores.

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em partes, ele é triste sim. Mas realmente não atendeu com tudo que eu esperava dele. Exatamente! Se tudo prometesse que nem a premissa, com certeza eu teria gostado bem mais.

      Beijos.

      Excluir
  4. Oi, confesso que eu acho a capa linda (e bem cara de Jojo rs).
    Eu sou casada e fico meio assim com essa história... Independente ou não do meu futuro eu viveria com meu marido, aproveitaria o tempo que restasse...
    Acho que eu teria me frustado mais com a leitura, mas um dia darei uma chance rs.

    Te indiquei ao Prêmio Dardos lá meu blog!

    Beijooos!

    https://estantedaisa.wordpress.com/2016/11/26/premios-dardos/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, a capa lembra mesmo os livros dela haha. Dê uma chance. A leitura não é ruim, a escrita é boa, mas infelizmente o rumo que a história tomou não me agradou. Entendo também o ponto de vista da personagem, mas, sei lá, acho que há outras coisas para aproveitar a vida.

      Muuuito obrigada. <3 Beijos!

      Excluir
  5. Olá.
    Esse livro é aquele que te faz cair na bad, mas não consigo resistir leituras desse tipo, mesmo sabendo que vou sofrer rs.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu confesso que adoro livros com premissas assim: que te deixa na bad! haha De certa forma é um livro triste sim. Espero que um dia leia e goste.

      Beijos.

      Excluir