quinta-feira, 29 de setembro de 2016

[Resenha] O Bangalô

Escritora: Sarah Jio
Editora: Novo Conceito
Páginas: 316

Sinopse: "Verão de 1942. Anne tem tudo o que uma garota de sua idade almeja: família e noivo bem-sucedidos.
No entanto, ela não se sente feliz com o rumo que sua vida está tomando. Recém-formada em enfermagem e vivendo em um mundo devastado pelos horrores da Segunda Guerra Mundial, Anne, juntamente com sua melhor amiga, decide se alistar para servir seu país como enfermeira em Bora Bora.
Lá ela se depara com outra realidade, uma vida simples e responsabilidades que não estava acostumada. Mas, também, conhece o verdadeiro amor nos braços de Westry, um soldado sensível e carinhoso.
O esconderijo de amor de Anne e Westry é um bangalô abandonado, e eles vivem os melhores momentos de suas vidas... Até testemunharem um assassinato brutal nos arredores do bangalô que mudará o rumo desta história."

"Lembro-me de tudo sobre essa foto, o cheiro do ar naquela noite, da brisa do mar e frésias florescendo à luz da lua. Também era capaz de me lembrar da sensação que tinha em meu coração, quando meus olhos encontraram os dele através da lente, e o que aconteceu nos momentos que se seguiram." (p. 164 - ebook)
O livro conta a história de Anne: uma garota que fez curso de enfermagem e está noiva de Gerard. Tem uma família excelente e uma empregada que é como se fosse sua irmã mais velha (Maxine). Como se não bastasse, ela tem uma melhor amiga desde quando criança, a famosa Kitty.

A Guerra irá começar. Estão recrutando enfermeiras para a base de Bora-Bora. Na sua festa de noivado, Kitty aparece apenas para dar a notícia que candidatou-se como voluntária. Como Anne casaria sem ter sua melhor amiga por perto? Como ficaria longe dela esse tempo todo? Então Anne toma a decisão: adiar o casamento e ir para Bora-Bora junto com sua melhor amiga e acima de tudo, servir o seu país.
"Seja você mesma. E nunca ignore o que seu coração está lhe dizendo, mesmo que isso a machuque, mesmo quando segui-lo pareça ser muito difícil ou inadequado." (p. 511 - ebook)
Anne sempre quis que Gerard fosse um pouco que nem ela, nesse aspecto. Ele não iria para a Guerra, pois ele vinha de uma família com uma boa estabilidade financeira. Ela não achava justo que homens com condições piores fossem recrutados, enquanto ele ficava em casa, sã e salvo. Mas com a sua ida para a Guerra, Gerard toma a decisão de servir o país também e quando tudo isso acabar, eles se reencontrarão para o casamento.

Um ano separado. Era só esse tempo que eles tinham, mas tudo pode acontecer em um ano. Afinal, eles estavam indo para a Guerra! De alguma forma, a Guerra mudou os dois, principalmente Anne que descobriu o que era amor de verdade. Não que ela não amasse Gerard, mas tudo mudou quando Westry apareceu e esbanjou carisma.
"A paixão acaba, mas o amor perdura." (p. 1470 - ebook)
"Vinte e sete de novembro. Era uma data sem importância, apenas um pontinho no calendário. Mas foi também o dia que mudou minha vida: o dia em que comecei a amar Westry." (p. 1710 - ebook)
Um dia, andando pela praia, Anne encontrou Westry sentado próximo de um bangalô. Ele havia encontrado aquele lugar um tempo atrás, mas quando Anne apareceu, eles decidiram compartilhar o bangalô e seus maiores segredos. Aquele seria o esconderijo perfeito para eles e todo o sentimento que estava aflorando.

Após um tempo juntos, ele indo para a Guerra, ela cuidando de seus pacientes, muita coisa pode acontecer. Amizades serão destruídas, corações serão partidos e tudo o que todos almejam é apenas o final da Guerra, mas ninguém sabe se sobreviverá ou como o destino de cada um estará traçado.
"Veja bem, quando se compartilha o amor com alguém, mesmo que só por um tempo, ele sempre ficará em seu coração." (p. 3798 - ebook)
Sim, eu continuaria falando e falando desse livro, porque é uma história absolutamente linda! A narrativa é feita pela própria Anne, fazendo com que o leitor sinta o tamanho do seu amor, que sinta todos os acontecimentos. Começamos e terminamos o livro com os acontecimentos presentes, mas com assuntos do passado. Após isso, o livro conta a história de Anne e como foi viver esse tempo longe de casa e como ela tornou-se uma pessoa diferente. A Guerra a transformou; transformou a todos.

"O Bangalô" foi o meu primeiro contato com a Sarah Jio e após finalizar a leitura, digo que quero ler todos os livros dessa mulher! É uma narrativa simples e envolvente. Eu adorei a forma como ela narrou os personagens, como ela fez eu amar alguns e odiar outros. Adorei a forma que Anne amadureceu e como tudo terminou. Na narrativa era meio que esperado como tudo iria terminar, mas sinceramente? Eu não esperava um outro final.

Avaliação: ♥ ♥ ♥ ♥

14 comentários:

  1. Oiieeee

    Acho a história desse livro super interessante, madura e até meio poética. Fico feliz que vc tenha gostado e ele tenha mexido com a suas emoçoes. Quero ler outros livros dessa autora.

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem poética, eu diria. Sim, me conquistou profundamente! Quero ler outros livros dessa autora (2) haha.

      Beijos.

      Excluir
  2. Muito legal a história deste livro hein... Que bom que gostou. Vai ser mais um na minha lista, pois adorei tua resenha...
    Beijos!!!

    www.lendo1bomlivro.com.br
    Instagram :) @lendo1bomlivro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado da resenha <3 E espero que goste bastante do livro, assim como eu.

      Beijos.

      Excluir
  3. Que história mais amorzinho! Ainda não conhecia o livro, mas depois da resenha até fiquei com vontade de ler, parece ser puro amor!
    Um beijão,
    Gabi do likegabs.blogspot.com ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz de ter lhe apresentado um livro e que tenha gostado da resenha. <3 Leia, sim. O livro é recheado de amor!

      Beijos.

      Excluir
  4. Achei a premissa do livro super interessante e o enredo é muito bem.bolado.♥
    Quero muito ler esse livro.
    Art of life and books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro ótimo mesmo! Sarah conquistou meu coração <3 Espero que você goste tanto do livro como eu.

      Beijos.

      Excluir
  5. Oiii,
    Ainda não li nada da autora, mas tenho muito interesse em conhecer a escrita dela. Fico feliz que tenha gostado.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como esse foi meu primeiro contato com ela, tive uma ótima experiência. Espero que você tenha a mesma experiência que eu. :D

      Beijos.

      Excluir
  6. Olá,
    Eu também nunca li nada da autora.
    Essa capa me lembra um pouco Nora Roberts, rs.
    Ter uma resenha positiva, já me empolga mais para ler.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nunca li nada da Nora, mas lembra um pouco sim rs. Espero que você goste do livro. Vale a pena conhecer a escrita da Sarah.

      Beijos.

      Excluir
  7. Hey!
    Eu já li e até resenhei "O Bângalo", mas tendo lido outro livro da autora, mais suspense do que romance, acabei criando altas expectativas para esse, que infelizmente não foram alcançadas... Mas é realmente um livro muito lindinho, com uma emocionante e delicada história de amor. Vale a leitura!
    Mil beijokas! entreumlivroe-outro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho muita interesse em ler outros da autora, mas é bom saber que não são parecidos com "o bangalô". Ele é lindo mesmo, me apaixonei pela escrita dela! Com certeza é um livro recomendado ainda mais para quem gosta de romance.

      Beijos.

      Excluir