segunda-feira, 30 de maio de 2016

[Resenha] Qualquer Outro Lugar

Escritora: A.G Howard
Editora: Novo Conceito
Páginas: 416
Sinopse: "Alyssa está tentando entrar novamente no País das Maravilhas. Os portais para o reino se fecharam, não sem antes levarem sua mãe. Jeb e Morfeu estão presos em Qualquer Outro Lugar, reino em que intraterrenos expulsos do País das Maravilhas estão vivendo. 
Para resgatá-los, ela precisa recorrer à ajuda de seu pai. Juntos, eles iniciam uma missão quase impossível para tentar resgatar entes queridos, restaurar o equilíbrio dos reinos e o lugar dela como Rainha.
Alyssa precisa lutar não só com a Rainha Vermelha, um espírito malicioso que tem a intenção de refazer o País das Maravilhas à própria imagem, mas também reconstruir seu relacionamento com Jeb, o mortal que ela ama, e Morfeu, o ser fantástico que também reivindica seu coração.
E, se todos tiverem sucesso e saírem vivos, eles poderão finalmente ter o felizes para sempre."
"Eu achava que as lembranças eram algo que seria melhor deixar para trás... bolsões de tempo congelados que você poderia rever por seu valor sentimental, mas mais uma indulgência do que uma necessidade. Isso foi antes de eu perceber que as lembranças poderiam ser a chave para seguir adiante, para recuperar a fé e o futuro de todos que você ama e aprecia no mundo." (pág. 07)

Qualquer Outro Lugar é o terceiro livro da série O Lado Mais Sombrio (resenha aqui). Você também pode conferir a resenha de Atrás do Espelho clicando aqui. 

Esse livro mostra a trajetória de Alyssa em Qualquer Outro Lugar para salvar as pessoas que ela ama, pois, após o seu mundo ser invadido pelos intraterrenos, as pessoas que ela mais ama - sua mãe, Jeb e Morfeu - são levados. Porém Jeb e Morfeu vão para Qualquer Outro Çugar; já sua mãe para o País das Maravilhas. O único problema é que a toca do coelho está fechada. Como Alyssa irá resgatar todos?
"É assim que se adquire sabedoria. Levando uma pancada no coco ou no nariz. Aprendemos pelos nossos erros, não é verdade?" (pág. 83)
É um livro cheio de aventuras e reviravoltas. Qualquer Outro Lugar é capaz de fazer as pessoas sofrerem mutações e nunca mais serem as mesmas e é o acontece com Jeb. Alyssa terá que lutar para trazer de volta o jeb que ela sempre conheceu. O que é complicado para ela tendo o seu coração indeciso. Além de lutar contra seu coração dividido, Alyssa terá que enfrentar a Rainha Vermelha para salvar o País das Maravilhas.


Podemos perceber o crescimento de Alyssa desde o primeiro livro. Não apenas o crescimento dela, mas também de todos os personagens. Também é um livro com grandes revelações, como no caso de seu pai - Thomas. Para mim, foi algo que eu jamais esperava.
"Mesmo quando fazemos o que é certo, as consequências às vezes podem ser calamitosas. Pensar duas vezes a cada passo restringe o ímpeto de avançar. Confie em si mesma, perdoa-se e siga adiante." (pág. 107)
O final será capaz de agradar à todos. Mesmo eu achando que algumas questões foram deixadas em aberto pela escritora, o final foi o mais digno para a trilogia. Depois de todos os acontecimentos, eu não esperava um final diferente.

Mesmo não sendo fã do País das Maravilhas, gostei do desfecho tomado e por ter conhecido a obra. Qualquer Outro Lugar foi o exemplar cedido pela Novo Conceito para os parceiros. Então me vi na responsabilidade de conhecer as obras anteriores e não me arrependi. Para os fãs de Alice e de fantasia, podem apostar de olhos fechados nesta trilogia.


Avaliação: ♥ ♥ ♥

0 comentários:

Postar um comentário