quinta-feira, 17 de março de 2016

[Resenha] P.S.: Ainda Amo Você

Escritora: Jenny Han
Editora: Intrínseca
Páginas: 304
Sinopse: "Lara Jean não esperava se apaixonar de verdade por Peter. Eles só estavam fingindo. Mas então não estavam mais, e agora Lara precisa aprender como é estar em um relacionamento que não é de faz de conta.
Ela parece estar conseguindo, sua história com Peter vai de vento em popa, mas quando outro garoto do passado cai de paraquedas bem no meio de tudo, os sentimentos de Lara por ele também retornam. 
Será que é possível gostar de dois garotos ao mesmo tempo?
"Às vezes, gosto tanto de você que não consigo suportar. É um sentimento que vai crescendo e crescendo dentro de mim, e parece que vou explodir. Gosto tanto de você que não sei o que fazer a respeito. Meu corçaão bate muito rápido quando sei que vou ver você de novo. E aí, quando você me olha, eu me sinto a garota mais sortuda do mundo." (pág. 10) 

A narrativa de Ps Ainda Amo você se inicia a partir do desfecho de Para Todos os Garotos que Já Amei (resenha aqui) - começa narrando a carta que Lara Jean estava escrevendo para Peter.

Após seu falso namoro com Peter, Lara Jean começa a se apaixonar de verdade pelo o mesmo e é o que ela conta no início do livro através da carta. Mas tudo pode após o surgimento de um amor do oitavo ano.
"Não quero ser a garota que fica de coração partido, mas também não quero partir o coração de ninguém." (pág. 88)
"As pessoas dizem que a ausência deixa o coração mais apaixonado, mas acho que estão erradas. A proximidade deixa o coração mais apaixonado." (pág. 112)
Lara Jean continua a mesma: às vezes confusa em relação aos seus sentimentos e completamente inocente, sendo assim, manipulada pelas pessoas ao seu redor. Ela jamais imaginou que acontecimentos do passado poderiam assombrar no presente e que ter um relacionamento sério é a coisa mais complicada.



 O livro é narrado por Lara Jean e continua de uma forma simples e cativante, porém, o final deixou um pouco a desejar. Foram tantos acontecimentos seguidos, que no final se "resolveram" muito rápido. Alguns exigiam um pouco mais de detalhes, assim como no começo do livro.
"Percebo agora que são as pequenas coisas, os pequenos esforços, que mantêm um relacionamento." (pág. 176)
"As pessoas entram e saem da nossa vida. Durante uma época, são seu mundo; são tudo. E, um dia, não são mais. Não dá para saber por quanto tempo vamos tê-las por perto." (pág. 295)
Exceto isso, se você ainda não leu o primeiro livro: leia; Ou se ainda não leu a continuação: leia. Prepare-se, pois você vai sentir raiva de alguns personagens, falta de outros e se apaixonar por alguns. E mais uma vez Jenny fez com que eu me sentisse com 16 anos novamente.

Avaliação: ♥ ♥ ♥ ♥

2 comentários:

  1. Olá!
    Eu já li o livro "Para todos os garotos que já amei" e adorei, estou louca para ler a continuação e sua resenha me empolgou bastante.
    Parabéns pelo trabalho desenvolvido no blog, está incrível!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada e obrigada! Se você adorou o primeiro, com certeza irá adorar o segundo. Leia sim e depois me conta. :D

      Beijos

      Excluir